ENTREGA LEGAL PARA ADOÇÃO - UM ATO DE AMOR!

20/03/2017

MP realiza Seminário “Entrega Legal para Adoção: Um Ato de Amor”

http://www.esmp.mpse.mp.br/Portal/DetalhesNoticia.aspx?id=2071

 

A Procuradoria Geral de Justiça, por intermédio da Escola Superior do Ministério Público de Sergipe e do Centro de Apoio Operacional da Infância e da Adolescência com o apoio do Grupo Projeto Acalanto realizaram na manhã do dia 20 de março, no Auditório Promotor de Justiça Valdir de Freitas Dantas, Sede do MP, o Seminário “Entrega Legal para Adoção: um ato de AMOR”.

 

A Diretora do Centro de Apoio Operacional da Infância e Adolescência, Promotora de Justiça Mírian Teresa Cardoso Machado fez a abertura do evento e explicou que o principal objetivo do encontro foi reunir forças para construir uma Política Pública de atenção às gestantes que desejam entregar seu filho para adoção. A Promotora convidou os presentes a refletir sobre “como cada um de nós descreveríamos o ato de entregar um filho para adoção?” Ela expôs dados estatísticos sobre adoção, explicou os malefícios da adoção ilegal e afirmou: “os dados estatísticos revelam que o amor vem superando a burocracia jurídica porque a adoção é um gesto de profundo humanismo, sensibilidade, coragem e, portanto, uma alta forma de caridade”.

 

A Vice-Presidente do Grupo Projeto Acalanto, Marta Batista de Souza, ministrou a palestra intitulada: “A importância e o trabalho dos grupos de apoio à adoção”. A palestrante desmistificou o “tabu” que acompanha os processos de adoção e explicou o trabalho feito pelos grupos de apoio aos pais adotivos. Ela disse que os grupos existem em todo o Brasil e que investem na preparação e no acompanhamento pós-adoção das famílias e dos adotados. Marta explicou que o Acalanto em Sergipe é um grupo de voluntários e, muito emocionada, pediu o apoio da sociedade na compreensão da história de vida de cada mãe que entrega seu filho para adoção. “Precisamos entender que as razões por trás de cada mãe são muitas e são comoventes”, disse.

 

Entrega à adoção: previsão legal e um olhar aos envolvidos” foi tema da palestra ministrada pela Promotora de Justiça da Curadoria da Infância e da Adolescência de Aracaju, Maria Lilian Mendes Carvalho. Dra. Lilian falou do trabalho realizado no dia a dia na Vara da Infância. Ela falou dos casos de crianças que não são acolhidas por nenhum membro familiar e que são entregues para adoção e do empenho em fazer com que essas crianças sejam reintegradas o mais breve possível a sua família natural ou a uma família substituta e ressaltou: “Nós precisamos de políticas públicas efetivas, deliberadas, blindadas e que não possam ser modificadas, independente de Governo e partido político. Nossas crianças precisam ser cuidadas e assistidas porque a criança de hoje é o homem de amanhã”.

 

A Diretora Técnica do Núcleo de Apoio Profissional de Serviço Social e Psicologia da Coordenadoria da Infância e Juventude do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, Ana Cristina Amaral Marcondes de Moura, dotada de grande experiência na temática discutida no evento, veio até Sergipe para falar sobre a “Política de Atenção à Gestante: apoio profissional para uma decisão amadurecida sobre permanecer ou não com a criança”. Ana Cristina explicou sobre a necessidade primordial dos grupos serem dotados de atendimento multidisciplinar para atender as mulheres que necessitassem entregar seu filho para adoção. “Lidar com a situação da entrega, do não desejo de ficar com um filho, é difícil, cria situações de pré-julgamento e, por isso, precisamos estar preparados para olhar com o olhar do outro, com empatia, enxergando a perspectiva dessa mulher e não a nossa. Precisamos superar o senso comum e identificar, de fato, as razões que levam essas mulheres a entregar seus filhos para adoção”.

 

Depois das palestras, o evento foi aberto para perguntas e debates. Além dos palestrantes já citados, fizeram parte da mesa de honra, a Procuradora de Justiça e Coordenadora Geral do MP, Ana Christina Souza Brandi; o Diretor Geral da ESMP, Newton Silveira Dias Júnior e Rômulo Lins Alves, Promotor da 8ª Promotoria dos Direitos do Cidadão. 

 

Coordenadoria de Comunicação 
Ministério Público de Sergipe
Fone: (79) 3209-2865 / 3209-2651
E-mail: comunicacao@mpse.mp.br 
Facebook: mpseoficial

 

 

 


Veja também

Comemoração pelo Dia das Mães

Comemoração pelo Dia das Mães

13/06/2016 -     O Projeto Acalanto Sergipe participou das comemorações pelo mês das Mães promovidas pelo Shoppi...

Servidores da Justiça terão curso online sobre Adoção

Servidores da Justiça terão curso online sobre Adoção

06/02/2017 - Servidores da Justiça terão curso online sobre Adoção e Apadrinhamento   Veja reportagem no Link: http:/...

ENTREGA LEGAL PARA ADOÇÃO - UM ATO DE AMOR!

ENTREGA LEGAL PARA ADOÇÃO - UM ATO DE AMOR!

20/03/2017 - MP realiza Seminário “Entrega Legal para Adoção: Um Ato de Amor” http://www.esmp.mpse.mp.br/Portal/Detalhe...

Encontro Projeto Acalanto Sergipe e a Juíza da Infância

Encontro Projeto Acalanto Sergipe e a Juíza da Infância

02/07/2016 -   A Juíza Rosa Geane Nascimento, Titular da 16ª Vara Privativa do Juizado da Infância e da Juventude de Aracaju, m...